Resenha: O Conto Noturno da Princesa Borboleta – Priscilla Matsumoto

Image

Primeiro livro da autora Priscilla Matsumoto e 194 páginas de muitos : “Ô Ceus!” “O QUE?” “Oi?”. Com cada capítulo fazendo o leitor querer mastigar mais um e mais um. A autora consegue, ou pelo menos conseguiu comigo, fazer com que uma noite em claro valha a pena para terminar todas as palavras escritas.

O quarteto apresentado é a Bailarina, o Chapeleiro, o Pianista e o Retrato. A história de desenrola de modo inacreditável. A Bailarina Mushi, e namorada do Pianista André, conhece o Chapeleiro escocês e tudo começa. Mushi, perfeccionista e auto-suficiente para inúmeras situações; André, com desejos impossíveis, talentoso e mesmo assim recusando o dom; Chapeleiro, ou Mr. G. Way, misterioso e com mudanças de humor bruscas. Tais personagens mergulham na história de um antigo conto escocês trazendo-o para a realidade de suas vidas.

O livro provoca catarse e passa como um filme pela cabeça. Priscilla, com suas descrições aprofundadas nas metáforas e comparações, cria todo o cenário das cenas de modo que é possível até mesmo ouvir a voz dos personagens enquanto as falas são lidas, ouvir a música de que se fala e assistir às cenas descritas. Ela faz com que você se apaixone como cada apaixonado da trama, porque explica o amor que sentem de modo que o leitor também o sinta.

“Algumas coisas são feitas para se tornarem memórias. A felicidade às vezes dói mais do que a tristeza. Ela é como uma explosão de prazer, uma perfeição ilusória, é um princípio sem meio nem fim.”

(Jessica Almeida)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s